Em ofício enviado ao Ministério da Educação (MEC), o Governo de Minas Gerais formalizou o pedido para que a comunidade escolar seja incluída no grupo prioritário na vacinação contra a Covid-19. O documento, enviado na última sexta-feira (9), foi assinado pelo governador Romeu Zema e pelos secretários de Estado da Saúde, Fábio Baccheretti, e de Educação, Júlia Sant’Anna.

De acordo com Zema, o pedido foi para que professores e profissionais da área da educação sejam prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI). “Enviamos um documento que reforça a importância da inclusão da comunidade escolar como grupo prioritário no PNI, para que as aulas presenciais possam voltar de forma segura”.

O ofício enviado ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, explica a importância da imunização dos trabalhadores da Educação como um aditivo ao protocolo de Saúde criado por um grupo de trabalho no Estado com orientações para o retorno das aulas presenciais.

“As aulas presenciais são um pilar no desenvolvimento intelectual, social e emocional dos estudantes. A vacinação da comunidade escolar reforçaria as ações implementadas no Estado para a garantia de um retorno seguro da atividade educacional”, afirmou Romeu Zema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
Open chat