A pandemia de coronavírus evolui de forma desigual na Europa, entre a flexibilização de algumas restrições nesta segunda-feira (8) no Reino Unido, onde parte dos estudantes voltaram às salas de aula, ou mesmo na Alemanha, e o endurecimento de medidas em outros países, como na Hungria e Finlândia.

As crianças inglesas voltaram nesta segunda às aulas, primeira etapa de uma saída gradual de um terceiro confinamento introduzido no país em janeiro, mais rígido que o anterior, para conter a disseminação de uma nova variante mais contagiosa da covid-19 que apareceu em Kent.

A crianças de 5 a 11 anos foram as primeiras a reencontrar seus professores, antes dos alunos do ensino fundamental e médio.

Graças à sua grande campanha de vacinação – 22 milhões de primeiras doses injetadas – Londres relaxou as regras muito rígidas que afetam a vida social. Agora é possível encontrar alguém para tomar um café ou fazer um piquenique, por exemplo, antes que seja ampliado para seis pessoas no final do mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
Open chat